CENTRO DE CONHECIMENTO ESAB

Fumos de soldagem - Quais os riscos e como evitá-los?

Proteção para o soldador

Todos os trabalhos oferecem riscos para todos profissionais, por isso prevenir é imprescindível. Os processos de soldagem e corte geram fumos que variam tipos e concentrações de substâncias perigosas. Que quando inalados comprometem a saúde dos profissionais diretos e indiretos. Quanto menores as partículas em suspensão mais perigosas elas são, e a toxidade está ligada também aos tipos de fumos (gases) produzidos na solda (teores de Chumbo, Manganês, Níquel são muito perigosos).

O que são fumos de soldagem?

São metais vaporizados e volatizados durante o processo de soldagem, que ao se resfriarem formam com oxigênio partículas finas.

Os riscos para exposição a fumos de solda são:

  • Asma
  • Câncer de pulmão
  • Dermatite de contato alérgica
  • Infarto
  • Ulcerações do septo nasal
  • Ulcerações de pele
  • Siderose
  • Problemas de fertilidade

Exposição e processos:

Os soldadores e profissionais que estão próximos a processos de soldagem, tem sua exposição condicionada por:

  • Tipo de processo de soldagem
  • Material de Base (Peça ou Equipamento a ser soldado e suas condições de limpeza) e Materiais de adição a serem usados
  • Composição do consumível
  • Localização (Ambiente aberto, espaço fechado)
  • Circulação do ar
  • Uso de sistemas de exaustão com filtros

Nos processos usuais de Soldagem, o fumo tem formação em 90% a partir dos consumíveis, e pelas características dos consumíveis pode-se classificar uma ordem crescente os riscos relacionados a quantidade e periculosidade:

  1. Arame Tubular (FCAW)
  2. Eletrodo Revestido (SMAW)
  3. MIG/MAG (GMAW)
  4. TIG (GTAW)

Como prevenir?

TBi Mobivac 2.0A ESAB oferece MobiVAC 2.0, que é uma solução móvel para exaustão e filtragem de fumos metálicos secos. Podendo ser utilizada com captação direta na tocha ou através de um captor cônico. Seu sistema de alto vácuo aspira com alta velocidade de forma precisa e pontual. Equipamento está conforme NR10 e NR12 e possui Classe M e eficiência de filtragem maior que 99,8% para partículas acima de 0,5µm (partículas com 10-2µm são retidas na garganta, com 2-0,5 µm atingem a traqueia, mas chegam também ao pulmão).

De fácil operação, fácil limpeza do filtro, aspiração através de alto vácuo, com baixo nível de ruído, excelente para uso móvel ou mesmo fixo, o MobiVAC 2.0 é uma solução eficaz e econômica. A redução dos riscos dos profissionais estarem expostos as fumos de soldagem é drasticamente reduzido.

 

FICHA TÉCNICA MOBIVAC

*As informações são de acordo com a Norma IEC 60974-1

Publicado em Segurança na Soldagem , Palavras-Chave Segurança, Soldagem

x

x

Loading..